De NEOABJECCIONISMO a 9 de Novembro de 2008 às 20:46
Olá Lala, Carla, nada de amokes, eram para sair os dois desafios, mas um saíu e outro não, desapareceu.
Só agora o consegui, com distinção, no neo.
Quanto a este poema de grande intensidade de paixão, faz-me sentir que a Ilha quente e bela guarda no seu seio, almas apaixonadas que cantam os sonhos da carne em fogo, com doces gemidos de amor e palavras escaldantes de prazer.
Desejo que pratiques os sonhos, em plenos de realidade.
Beijinhos de amigo
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.