6 comentários:
De Joanina a 1 de Setembro de 2008 às 04:42
Amiga Lala,
Agradeço-te do fundo do meu coração este teu gesto tão bonito e as tuas palavras carinhosas! Fiquei deveras emocionada e sem saber o que dizer! Obrigada pela tua amizade!!
Bj grande da Jo
De Lala a 1 de Setembro de 2008 às 09:08
Não tens que agradecer
Amiga do coração
Este gesto foi com prezer
E com sincera afeição.

Amigos são coisas raras
Quando o afecto é verdadeiro
São como joias caras
O tesouro primeiro.

À amizade dou valor
Mesmo estando ela distante
O meu coração é um vapor
Que navega neste mundo errante.

E um dia sem eu esperar
De mansinho apareceu
Um porto onde eu atracar
Este pobre coração meu.

Este porto de abrigo
Estava do outro lado do mar
Chamava-se Joanina
E sabia rimar.

Esta coisa das rimas
É deveras interessante
Eu pensava: -Tu não atinas
Mas o rimar está incessante.

Agora vou me despedir
Porque isto já é demais
O trabalho ainda vai fugir
E eu não posso rimar mais.





De romanesco a 1 de Setembro de 2008 às 19:09

Lala - Joanina.
A lala é uma alma enorme de humanidade. Desfaz-se em amizade pura. Tem uma vida recheada de afazeres, mas organiza-se, desmultiplica-se, dá-se com uma paixão enorme pela amizade.
A Joanina sente isso. O seu blog, Joanina, é uma excelente referência na blogosfera. Lá reina a diversão, a saudade da Ilha, das Ilhas de dum país.
Lá sente-se a alegria de viver. Quem estiver triste por um momento, vá ao blog da Jo.
Parabéns Joanina
De Lala a 1 de Setembro de 2008 às 20:01
Romanesco meu amigo
Obrigado pelo elogio
Sei que posso contar contigo
Tens apressos a fio.

Esta é a minha nova tara
Ainda não te tinha mostrado
Não me olhes com essa cara
Ainda não tinhas cá entrado.

Isto é coisa nova
Influencias da Joanina
A Azor tambem dá prova
E a Lala faz que atina.

Se nunca exprimentaste rimar
tens de tentar vais ver
Se a mania pegar
É rimar até querer.


Lala

De NEOABJECCIONISMO a 3 de Setembro de 2008 às 23:17
Joanina, Lala

Se a Joanina quisesse
encomendar uma história
ou dos pais eu pudesse
cantar da vida a vitória

Se a Joanina contasse
com a minha discrição
e a amigos contasse
como escrevo bem à mão

Se a Lala a Joanina elegeu
como blog da semana
é porque o blog mereceu
pela alegria que emana

Quero bem agradecer
à Lala e à Joanina
Por na Terceira nascer
e aí se ver menina

Da América dos camones
onde o pão se endurece
a Joanina usa os fones
para ouvir o que apetece

A Lala meteu-me a mim
nesta alegre cantoria
espero não seja o meu fim
quero ter categoria

romanesco
De Lala a 4 de Setembro de 2008 às 23:22
Olha, olha o romanesco
A rimar com tanto brio
Até se enganou no blog
Deve ser com certeza do frio.

As rimas tem destas coisas
Deixam-nos com a cabeça no ar
Deixamos de lavar as loiças
E só queremos é rimar.

Estou a bricar contigo
Não te quero magoar
És um verdadero amigo
Que quero muito preservar.

Já se está a fazer tarde
Não são horas para rimar
Estamos os dois cansados
Vamos mas é descançar.



Lala

Opinar