De romanesco a 1 de Setembro de 2008 às 19:25
Lala
Minha doce amiga. És tão pura na amizade, presumo que na tua totalidade, que nem sei como fazes para existir.
Mas existes para nossa alegria.
Agradeço do coração dos três de mim e já sabes, trabalho acrescido, não sei como levá-los, tens que me ensinar.
beijinhos no e do coração
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.