De samueldabo a 22 de Abril de 2008 às 09:20
Lala, amiga.
Lindo, o poema, e a intenção de o lançar ao mundo, que tiveste. A alma arrebatadora que anseia por libertar-se. Estás no auge de seres o que queres.
Sê.
Um beijinho amigo
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.