6 comentários:
De samueldabo a 20 de Abril de 2008 às 12:50
Viva,Lala .
Adorei esta descrição de um homem que cresceu a ver a sua cidade no centro do mundo e que se fez mundo, ele próprio , quando nos relata, de fora, as particularidades emergentes duma sociedade pacata mas esclarecida e que foi sempre um baluarte do valor e da honra de ser Português.
Obrigada, Lala, Angrense, por nos trazeres tão belo e profundo testemunho.
beijinhos de amigo
De Lala a 21 de Abril de 2008 às 13:21
Olá Samuel.
Eu não sou desse tempo, nem me lembro de práticamente nada do que ele descreve.
Mas ao ler esta crónica, senti-me transportada para esta época aurea da cidade de Angra em que esta cidade era mais vivida e amada.
E foi por gostar tanto deste texto que aqui o pus. Ainda bem que gostaste.
Bjocas.

Lala (",)
De Joanina a 20 de Abril de 2008 às 19:07
Olá Lala! Adorei este escrito do Victor Rui Dores, como alias aprecio muito toda a sua escrita e personalidade! Sendo so um pouco mais nova do que ele, recordo-me muito bem de tudo isto que ele descreve... Tudo isto faz também parte da minha infância e do meu imaginário! Por momentos senti-me de regresso a minha amada Ilha Terceira! Graças ao Victor Rui Dores... e a ti!! Obrigada! Jo
De Lala a 21 de Abril de 2008 às 13:35
Olá Joanina.
Ainda bem que gostaste.
Eu também gisto muito das coisas que ele escreve, por isso postei aqui esta crónica.
Ao contrário de ti não me recordo da Angra deste tempo, ainda nem era nascida, mas a forma entusiasta como Victor Rui Dores descreve a minha cidade é tão empolgante, que por momento me senti transportada pra o cenário histórico que ele estava a descrever.
E foi essa sensação de ser transportada para aquela época e a discrição tão minuciosa e saborosa do Victor R. Dores que me fez querer postar aqui esta crónica.
Obrigado pela visita, és sempre muito benvinda.
Bjocas.

Lala (",)
De TiBéu ( Isa) a 20 de Abril de 2008 às 20:45
Gostei muito de passar por aqui, mas não foi com a calma que eu queria, voltarei para apreciar melhor, bj
De Lala a 21 de Abril de 2008 às 13:37
Olá TiBéu.
Esta é uma porta aberta para ti e para todos quantos quiserem visitar este cantinho.
Volta quando quiseres, serás sempre benvinda.
Bjocas.

Lala (",)

Opinar