Segunda-feira, 6 de Outubro de 2008

Irene...

(Imagem tirada da net)

 

 

Irene era uma mulata bela e provocante.

Trabalhava num laboratório de uma faculdade qualquer, era solteira e vivia longe da família.

O trabalho, sem horas de entrada e saída e a sedução ocupavam-lhe todo o tempo e todas as forças.

Irene era volumptuosa, cheia de curvas e volumes. Os homens que trabalhavam junto dela, babavam-se à sua passagem. As suas tentativas de sedução raramente eram rejeitadas.

Muitas foram as vezes que se entregou a colegas de trabalho, ali mesmo no escritório, com o perigo eminente de serem apanhados.

Mas Irene não vivia feliz, todas aquelas relações não passavam de sexo ocasional, e ela queria mais, queria um homem que a amasse verdadeiramente, que a respeitasse, que não a visse como um pedaço de carne.

No mesmo gabinete, trabalhava um rapaz, aparência simples, bonito, simpático...

Já há algum tempo que Irene o observava com olhos gulosos, mas ele não lhe correspondia, ou então fazia que não entendia os olhares dela.

Um dia, já farta de esperar, entrou pela sala dele com o pretexto de entregar uns papeis e foi-se aproximando do rapaz.

As curvas de Irene não lhe eram indiferentes, mas Rudolfo tentava resistir a todo o custo. Era namorado, e sabia que as seduções de Irene geralmente saiam caras a quem se deixava levar por ela.

Mas ela estava determinada, ia conquistar Rudolfo.

Nesse mesmo dia, já mais tarde, quando já ninguém se encontrava no gabinete, voltou à sala de Rudolfo.

Rudolfo percebeu o que se ia passar, e tentando evitar o confronto, sentou-se à secretária. Mas Irene não se deixou intimidar, apróximou-se, arredou a cadeira e sentou-se ao colo de Rudolfo. Ele estava em brasa. E ela falava , falava e ia se colando a ele cada vez mais.

Rudolfo já não se conseguia controlar, a sua erecção já era visivel por fora das calças cor de caqui, as mãos trémoles e suadas, dirigiam-se tentadoramente para os seios de Irene, e que seios, grandes, firmes, tentadores, da cor do bom-bom mais doce...

Ela provocadora, ao reparar no estado em que se encontrava Rudolfo, pousou devagar os papeis em cima da secretária e com muita suavidade pôs a mão dentro das calças de Rudolfo e foi mastrubando-o em caricias suaves e provocadoras.

Ele já não aguentava mais, o seu pénis pulsava como uma bomba perto de explodir.

- Porque me fazes isto? Tu sabes que estou namorado.

Irene sorria, provocante e tentadora.

- Faço-o porque te quero, quero-te sentir dentro de mim, quero sentir o teu calor, quero sentir a tua lingua molhada enrolada na minha...

- Mas isto não está certo... somos colegas de trabalho...

-Qual é o problema?

E levando Rudolfo pela mão, como quem leva uma criança indefesa, vão para a casa de banho. Irene tranca a porta, e ataca.

Já nada a podia travar, e Rudolfo, já há muito se deixara vencer.

O que se passou naquela casa de banho... é difícil de descrever.

As roupas arrancadas dos corpos com violência, beijos, dentadas, arranhadelas...

Foi sexo, do mais selvagem que já alguma vez Rudolfo tinha feito.

Irene era uma mulher poderosa, sabia como derrotar um homem, e Rudolfo, fascinado pela arte de Irene, deixou-se levar neste mar de volupia e sedução.

Já era tarde quando sairam da casa de banho, as portas do gabinete estavam trancadas, estavam fechados lá dentro.

Sozinhos, os dois, com a noite pela frente...

 

 

 

 

 

Sinto-me: Provocante
Música: Like a virgin - Madonna
Domingo, 5 de Outubro de 2008

Os prémios da Jo...

Ao visitar, como é meu apanágio, o blog da amiga Jo, fiquei muito feliz por saber que ela tinha sido agraciada com mais 3 prémios, mas qual não é a minha surpresa, ao ver que ela, muito gentilmente, passava estes prémios a todas as mulheres que a visitam, assim, eu trouxe os ditos para casa, e faço das dela, as minhas palavras.

Sintam-se convocadas, todas as mulheres que por aqui passarem, a levar estes prémios tão femininos, para os seus cantinhos.

E agora aqui estão eles:

            

Sinto-me: Premiada
Música: We are the champions - Queen

Chamada a trabalhar na vinha do Senhor...

Jesus bate-nos à porta quando menos esperamos, e chama-nos a ir trabalhar com Ele.

Foi o que me aconteceu hoje.

O Domingo estava a correr normalmente, fui ver um jogo de futebol do meu filho B., vim para casa, mudei-me de roupa e fomos todos à missa de abertura da catequese, aqui na paróquia da Conceição.

Nada de novo ou extraordinário.

No decorrer da celebração o Pe. Dolores  disse que a falta de catequistas estava a dificultar a distribuição das crianças e pediu se alguém quizesse colaborar, era muito benvindo, mas eu não me mexi do meu lugar.

É verdade que já fui catequista, mas já foi há muito tempo, era ainda muito novinha, também é verdade que até gostava de o voltar a ser, mas o comodismo e a preguiça, têm me impedido de voltar a dar esse passo.

A missa acabou e eu saí da igreja, mas dentro de mim já tinha sido plantada a chama da entrega, e sem pensar duas vezes, voltei atrás e fui increver-me como catequista.

 

Os designíos de Deus são estranhos e Ele chama-nos a trabalhar com Ele quando menos esperamos, a nós cábe-nos ter a coragem de Lhe abrir a porta e dizer:

 

Sim, Senhor, estou aqui.

 

 

Sinto-me: Abençoada
Música: Deixa Deus entrar
Sábado, 4 de Outubro de 2008

O desafio do Neo...

 

 

 

E O DESAFIO PROPOSTO PELO NEO É:
 

 

Este questionário sobre mim

 

 

   

 

Comida: lulas grelhadas
Clube: Sport Lisboa e Benfica
Estação do ano: Verão - Praia
Musica: Pop
Animal preferido: Gato - Cão
Escritor: Florbela Espanca
Vinho: Verde e Branco
Arvore: Eucalipto
Filme: Dirty Dancing
Monumento: Sé de Angra
País: Portugal e Ilhas
Cidade: Angra do Heroísmo
Livro: A Irmandade do Santo Sudário
Perfume: Sky
Fruto: Morangos
Flor: Rosa Vermelha
Cor: Rosa, azul claro, laranja
Peça de Roupa: jeans
Programa de TV: Sobre animais
Carro: Qualquer um desde que ande
Maior Qualidade: Amizade
Maior defeito: Teimosia
Nome Feminino: Madalena
Nome Masculino: João
Sonho para a vida: Ser feliz 
 
 
Sintam-se desafiados os seguintes: Todos os amigos e amigas interessados 

 

tags:

A vida...

 

A vida é tão complicada.

Vemos um amigo em apuros, em aflições, ou simplesmente deprimido, e não podemos fazer nada.

Sentimo-nos de pés e mãos atadas, inúteis.

 

É assim que eu me sinto.

Tenho um amigo que anda triste, calado, ausente, e não sei o que fazer, como ajudar.

Queria poder pegar-lhe ao colo e dizer que vai ficar tudo bem, que nada de mal lhe vai acontecer...

Mas não posso, ele está longe, do outro lado do mar.

 

Doí tanto sabê-lo assim...

Queria tanto tirar-lhe este peso que o atormenta, de cima das costas, de dentro da alma.

 

Mas como não posso, não sei, não consigo, vou apenas dizer...

 

Amigo, eu estou aqui.

 

Sinto-me: inútil
Música: Friends forever
tags:
Publicado por Lala às 15:27

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

Adoro dançar...

 

Embora seja uma coisa que eu não faço com muita frequencia, ter filhotes pequenos não ajuda, eu adoro dançar.

E foi o que eu fiz...

Sábado fui a um casamento de uns amigos, e além da boa comida e da boa "bubida", também houve bailarico, à boa moda "amaricana".

Adorei, dancei, não até que a voz me doa, mas até não sentir os pés, isto no sentido mais literal que se possa imaginar.

Resultado, tive de vir descalça para casa, pois já não aguentava mas as sandálias nos pés.

Nodia seguinte foi dificil levantar  e iniciar o trabalho pois os meus pezinhos mal podiam tocar no chão, mas pronto...

como se costuma dizer, vim para casa consolada.

 

 

Sinto-me: cansada mas feliz
Música: marcha nupcial
tags:

.Conhece-me

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Memórias Recentes

. Apaixonada...

. To an Angel...

. "Sou fã..."

. O primeiro encontro... 3

. O primeiro encontro... 2

. O primeiro encontro...

. Olá a todos... Voltei

. Som do coração

. Que saudadessssssssssssss...

. Tenho saudades...

.Memórias Passadas

. Setembro 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 
blogs SAPO

.subscrever feeds