Domingo, 11 de Maio de 2008

Domingo do Bodo...

  

(Império do Espírito santo)

.

Hoje é Domingo  do Espiríto Santo, ou como é chamado aqui na Terceira, Domingo do Bodo.

Hoje é dia da festa aqui na Terceira, mas também um pouco por todas as Ilhas dos Açores.

Por todas as freguesias da ilha se fazem Coroações do Espírito Santo.

 

(Coroação)

 

As coroações, são cortejos religiosos, que saem dos Impérios ou de casa de pessoas (Mordomo), que têm promessas feitas ao Divino. Estas promessas são feitas pelos fieis em momentos menos bons das suas vidas, e são cumpridas, mediante as posses de cada um, por esta altura dos Bodos.

As pessoas prometem fazer as coroações como "pagamento" das graças concedidas.

Na semana que antecede a coroação, as famílias fazem um altar em suas casas, ao Divino Espírito Santo, e naquela semana reza-se o Terço ao Divino.

 

(Altar ao Divino)

Nesses altares ficam expostos os simbolos do Espírito Santo, a Coroa, e a Bandeira.

 

                       (Coroa do Espírito Santo)                        (Bandeira do Espírito Santo)

 

Depois da semana do Terço, e já com tudo organizado, faz-se a Coroação para a qual são convidadas pessoas amigas e vizinhos.

A coroação dirige-se então para a igreja onde o padre após a missa, benze as coroas e abençoa a população.

O cortejo sai da igreja em direção ao Império ou então de volta à casa do Mordomo, onde lhes pode esperar ou não uma Função do Espírito Santo, dependendo do tipo de promessa e das posses do Mordomo, este é um almoço tradicional, composto por sopas de carne, as Sopas do Espírito Santo, cozido e Alcatra.

 

 

 

A Alcatra é tradicionalmente acompanhada por um pão doce chamado Massa Sovada.

                      

                   (Alcatra)                                               (Massa Sovada)

 

Como sobremesa, come-se o Arroz Doce enfeitado com canela.

 

(Arroz Doce)

 

Em todas a meses há jarros de Vinho de Cheiro, tradicional aqui da Ilha Terceira, e feito artesanalmente em quase todas as freguesias da ilha. É costume, nas funções do Espírito Santo, ter em cima das mesas tacinhas ou saquinhas com Confeitos, que se põe dentro dos copos para aromatizar o vinho.

 

         

              (Jarro de Vinho de Cheiro)                                         (Confeitos)

 

Estas festas religiosas, foram instituidas pela Rainha Santa Isabel e enraizadas nos Açores desde o povoamento das Ilhas pelos primeiros colonos, a tradição das Funções, vem do hábito de Santa Isabel, destribuir comida aos pobres.

 

 

 

Hino ao Divino Espírito Santo

http://www.youtube.com/watch?v=rWCzSyTc4Vw&feature=related

 

 

Alva pomba que meiga apareceste

Ao Messias no Rio Jordão

Estendei vossas asas celestes

Sobre os povos do orbe cristão

.

Coro

Vinde oh vinde entre nuvens de glória

Entre os anjos e bênçãos de amor

Entre cantos de eterna vitória

Que os querubins Vos elevam Senhor …

II

Vinde irmãos, vinde todos contritos

Uma esmola de amor ofertar

E dever consolar os aflitos

E a fome do pobre matar

III

Ofertai as mais belas oferendas

Ofertai-as em nome de Deus

Colhereis lá um dia mil prendas

Quando entrardes no reino dos céus.

.

Coro

.

IV

Quem aos pobres seus braços estende

E lhes veste seus ombros tão nus

Achara que tudo isto só tende

Para a glória e a honra da cruz

.

Coro

.

V

Semeando vosso ouro entre os pobres

A colheita no céu a farás

O triunfo de esforços tão nobres

Só no seio de Deus acharas.

.

Coro

.

VI

Traga rosas e ramos de louro

Quem esmola melhor não tiver

Assim mesmo oferece um tesouro

Ganhara o brasão de esmoler.

 

 

 

Oração ao Divino Espírito Santo

Vinde espírito Santo,
enchei os corações de nossos fiéis
e acendei neles o fogo de vosso amor.
Enviai o vosso Espírito
e tudo será criado.
E renovareis a face da terra.

.
Oremos:
Deus, que instruístes os corações de nossos fiéis
com a luz do Espírito Santo,
fazei que apreciemos retamente
todas as coisas segundo o mesmo Espírito
e gozemos sempre de sua consolação.
Por Cristo Senhor Nosso.
Amém.

 

 

 

 

 

Sinto-me: Terceirense
Música: Hino ao Divino Espírito Santo
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Poema...

 

 

Fecha-me os olhos,

E eu poderei ver-te.

Tapa-me os ouvidos,

E eu poderei ouvir-te.

Mesmo sem pés,

Poderei alcançar-te.

Mesmo sem boca,

Poderei chamar-te.

Corta-me os braços,

Adorar-te-ei

Com o coração e as mãos.

Trespassa-me o coração,

E latejará o meu cerebro.

E se incendiares o meu cerebro,

Mesmo assim,

Levar-te-ei no meu sangue.

.

Autor desconhecido

 

Sinto-me: Nem sei bem
Música: Morte que mataste lira - Folclore Açoreano

.Conhece-me

.Meu Tempo

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

search engine marketing company
provided by Inteliture.com
Photobucket Photobucket

.Meus Selos

:: LEVA-ME ::


:: APROVADO ::


Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

.Memórias Recentes

. Domingo do Bodo...

. Poema...

.Memórias Passadas

. Setembro 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Blogs Amigos

.Eu Participo

.tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Prendas Carinhosas

.Campanhas

blogs SAPO

.subscrever feeds