Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

O primeiro encontro... 2

 

 

                Almoçaram calmamente. Anabela estava deliciada. Duarte era tudo o k ela imaginara, simpatico, divertido, alegre e bonito também, embora para Anabela esse não fosse um predicado importante, sempre lho dissera.

                Acabado o almoço, Duarte dirigiu-se ao balcão para pagar a conta, Anabela ficou debruçada na varanda e ver o mar, nakele dia, a baía k tão bem conhecia, parecia-lhe ainda mais bela.

                - Vamos? Temos um avião para apanhar.

                -Mas onde vamos? Perguntou Anabela curiosa.

                -Isso saberás kando xegarmos lá.

                A curiosidade deixava Anabela doida. Duarte sabia disso e divertia-se vendo o ar ansioso de Anabela.

                Finalmente xegaram ao aeroporto. Duarte tirou as malas do taxi k os tinha levado, foi buscar um carrinho, pos as malas em cima. Abraçou Anabela, deu-lhe um beijo, e carinhosamente tapou-lhe os olhos.

                -Agora linda, levas o carrinho k eu guio-te.

                Anabela não keria acreditar, ele nem a ia deixar ver em k balcão iam fazer o check-in!!! Entraram no aerogare e Duarte ia guiando Anabela k de olhos vendados e com o coração aos pulos ainda não conseguia acreditar no k estava a acontecer.

                Xegaram ao balcão, Duarte entregou as passagens e as bagagens. Estava tudo correcto. A hospedeira desejou boa viagem e eles afastaram-se do lugar. Anabela estava cada vez mais curiosa. Estavam a xamar plos altifalantes, mas o ruido da sala não deixou a curiosa Anabela ouvir kal era o destino.

                -Isto não é justo! Não consegui ouvir para onde era o voo!

                Duarte riu-se divertido.

                -Não faz mal linda, já vais saber.

                Descem as escadas k os leva ao autocarro, Anabela já não está de olhos tapados. Segue ao lado de Duarte, este dá-lhe a mão, tem as mãos kentes, macias. Anabela pelo contrario tem as mão geladas por causa dos nervos.

                -Tem calma linda. Não tardamos sentados no avião, aí saberás para onde vamos.

                Chegam junto ao avião, sobem as escadas, mostram os talões de embarke e a hospedeira da-lhes as boas vindas. Entram e procuram os seus lugares. Duarte deu-lhe o lugar junto à janela, Anabela sentou-se, apertou o cinto e esperou.  As pessoas entram no avião e acomodam-se nos seu lugares. A hospedeira vem ver se está tudo em ordem. No altifalante uma voz, é o piloto.

                -Benvindos ao voo 253 com destino a Cabo-Verde, espero k tenham uma optima viagem.

                Anabela não keria acreditar. Iam passar uma semana numa praia de areia branca e aguas azuis, como tantas fezes ela tinha sonhado.

                -Estas feliz? Já sabes para onde vamos. Gostaste da surpresa?

                Anabela não cabia em si de contente e num impulso abraça Duarte e beija-o apaixonadamente.

                A viagem correu sem sobressaltos. Conversaram, riram, e trocaram os carinhos k tanta vez tinham prometido um ao outro. Ao xegarem deixaram as pessoas k se precipitavam para as saidas passarem e ficaram sentendos nos seus lugares aninhados um ao outro de mãos dadas e a imaginar como iriam ser akeles dias no paraiso.

                Kando já todos tinham saido, levantaram-se e sairam eles tambem do avião. Lá fora o sol era kente e brilhava duma forma como nunca Anabela tinha visto. Foram buscar as malas e dirigiram-se ao sitio onde Duarte tinha reservado um carro. Pegaram na chave e foram à procura do carro. Kando o encontraram, puseram as malas na bagageira e entraram.

                -Então… k keres fazer agora? Keres ir já para o hotel descançar ou keres ir dar primeiro uma volta?

                -Tanto me faz lindo. Esta semana estou nas tuas mãos, farei akilo k tu kiseres.

                Duarte sorriu, apertou-a contra si e beijo-a. Há tanto tempo k desejava te-la assim nos seus braços.

                -Então sendo assim, vamos dar uma volta pelos arredores para vermos a cidade, porque eu tb nunca estive aki.

                E seguiram a estrada. Era um lugar simples, mas xeio de vida e cor. O sol era abrasador. Na beira da estrada um vendedor ambulante vende xapéus. Eles param o carro saem, e Anabela vai escolher um xapéu. Escolhe um xapéu de abas largas com uma fita rosa. Põe o xapéu, volta-se para Duarte, dá uma pirueta e pergunta:

                -Gostas?

                -Estás linda minha doçura!

                Anabela volta ao carro com o seu xapéu e seguiram viagem. Na berma da estrada viam-se vendedores ambulantes com os mais diversos produtos; fruta, legumes, roupa, calçado, bujigangas… Ao fim de algum tempo xegam ao centro da cidade, procuram o hotel, já era tarde e keriam descançar um pouco antes do jantar.

                O hotel é lindo, ficava numa antiga fortaleza à beira-mar, os jardins k a envolviam eram povoados de palmeiras e flores tropicais. Entraram, dirigiram-se ao balcão e Duarte disse k tinha uma reserva dum karto duplo. A recepcionista consulta a listagem e pergunta:

                -Sr. Duarte?

                - Exactamente.

                -Aki têm. Karto 657. Desejo-lhes uma optima estadia.

                Pegam nas malas e dirigem-se para o elevador. Um, dois, tres, quatro… o elevador para, as portas abrem. Duarte pega nas malas e sai pro corredor à procura do karto. Abre a porta, pousa as malas no chão agarra Anabela e entre um emporrão na porta e um tropeção nas malas k ainda estão no meio do caminho, beija-a ardentemente.

 

 

(Continua…)

Sinto-me: Romantica
Música: Just The Way You Are - Bruno Mars
Publicado por Lala às 14:34

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos

.Conhece-me

.Meu Tempo

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

search engine marketing company
provided by Inteliture.com
Photobucket Photobucket

.Meus Selos

:: LEVA-ME ::


:: APROVADO ::


Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

.Memórias Recentes

. Apaixonada...

. To an Angel...

. "Sou fã..."

. O primeiro encontro... 3

. O primeiro encontro... 2

. O primeiro encontro...

. Olá a todos... Voltei

. Som do coração

. Que saudadessssssssssssss...

. Tenho saudades...

.Memórias Passadas

. Setembro 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Blogs Amigos

.Eu Participo

.tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Prendas Carinhosas

.Campanhas

blogs SAPO

.subscrever feeds