Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

Fiapos de vida...

 

Hoje foi desafiada por um amigo a falar de traição e bigamia.

É um assunto que mexe bastante comigo.

Fui vitima e vitimei.

Já vivi os dois lados da situação.

O que ficou, foi um misto de culpa e remorso.

São muitos os factores que levam uma pessoa a trair.

No meu caso foi a falta de amor na relação, a falta de carinho, a falta de partilhar as coisas simples do dia a dia.

No caso do meu companheiro, segundo ele, foi o amor em excesso, a prisão em que a nossa relação se tornara, monótona, vazia de sentimentos.

Mas para haver traição, tem de haver um outro sujeito implicado.

No meu caso, esse sujeito era calculista, sabia da situação vivida por mim, soube fazer a aproximação subtilmente, sem dar o alerta, como felino acoitado na mata à espera da presa.

No caso do meu companheiro, a ocasião fez o ladrão. Estavamos afastados, ele sentia-se sozinho mas não era capaz de se aproximar, então procurou conforto nos braços de uma amiga, essa amizade foi crescendo, e transformou-se num romance.

Afastámo-nos, iniciámos o processo de separação, mas com o tempo e a distância, os sentimentos que ainda existiam voltaram a florir, e hoje quase dois anos depois, estamos juntos outra vez.

Nem tudo é fácil. Os primeiros tempos foram muito complicados, mesmo muito. Temos a tendencia de ir buscar sempre o passado, de estar sempre a atirar coisas à cara um do outro, mas com amor tudo se ultrapassa.

Porque no fundo, o que nos juntou de novo, foi o amor que nós sentia-mos um pelo outro, e que estava esquecido num canto do coração, e que só a distancia pode avivar.

Sinto-me: Apaixonada
Música: All you need is love - Beatles
Publicado por Lala às 00:16

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
16 comentários:
De TiBéu ( Isa) a 22 de Maio de 2008 às 01:43
hartharts.gif
Um bom feriado, beijinho
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 12:23
Olá.
Ontem não vim aqui.
Espero que o teu feriado tenho sido bom.
Bjinhos.
Lala
De Mary a 22 de Maio de 2008 às 02:00
Querida amiga.sou Mary do Palácio e vim te visitar.aceite a essencia dos anjos que lhe ofereço com carinho beijos Mary
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 12:23
Olá Mary.
Obrigado pela essencia, já a fui buscar.
Bjinhos Lala
De Joanina a 22 de Maio de 2008 às 03:04
Achei bonita a sinceridade com que contas a tua historia! Desejo-te felicidades e que tudo corra bem na tua relação. O passado e o passado, agora o que interessa e o presente e o futuro! Bj da Jo
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 12:26
Olá Joanina.
Sabes, às vezes é preciso sermos espevitados pelos amigos, para conseguirmos reagir, e dar testemunho daquilo que somos e passámos.
Obrigado pela amizade
Lala
De soflor a 23 de Maio de 2008 às 00:12
Parabéns pela frontalidade ... é uma prova dura de superar... o passado não conta e conta mas isso já o provaste... que o vosso amor continue sólido pelo tempo que desejem...Beijinhos..
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 12:29
Olá Flor.
A frontalidade nem sempre é fácil.
Mas há alturas na vida, em que temos de por tudo a nu, para conseguirmos seguir em frente.
A prova é dura, mas agora para seguir em frente, é preciso união, amizade e amor.
Mas principalmente muita força de vontade.
Obrigado pelo apoio.
Bjinhos da Lala
De Zulmira a 23 de Maio de 2008 às 01:49
Na verdade uma vez pediste-me opinião sobre este assunto.
Felizmente que desabafas-te.
De certeza o problema estará no bom caminho. Felicidades
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 12:32
Olá Zulmira.
Finalmente vieste ao meu cantinho.
E chegaste na altura certa.
Na altura que te pedi opinião, estava muito perdida, angustiada, cheia de dúvidas e de desconfianças.
Esse tempo passou, e agora tudo corre melhor.
Vivo um dia de cada vez, com a certeza que o amo e que quero continuar com ele.
Obrigado pelo apoio.
Bjinhos da Lala
De estreladosul a 23 de Maio de 2008 às 02:31


Penso que vai ser muito dificil, amiguinha. Mesmo que deixem de se agredir, ficará sempre a falta de confiança. E sabes que a confiança é primordial numa relaçao. Toda a maneira desejo de todo o coraçao, que consigam levar essa tarefa por diante.

Olá...
Um verdadeiro amigo,
nunca invade a nossa vida
Simplesmente conquista
Obrigado pela sua amizade.
Beijos

Uma optima semana

Abraço amigo

Mario Rodrigues
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 12:37
Olá Mário.
Tens razão.
Não é facil, nada mesmo.
Mas com preserverança e muito amor, tudo se ultrapassa.
Não vou dizer que esqueci, coisas dessas dificilmente se esquecem, mas tento superar as desconfianças, tento a cada dia, aprender a confiar de novo.
É uma nova aprendizagem, é aprender a amar de novo, a viver em casal de novo.
É um desafio diário, um desafio que aceitei em prol do meu amor e do meu casamento.
Nada na vida nos é dão sem esfoço e sem sacrificios.
Obrigado pelas palavras amigas.

AMIGOS NÃO SÃO AQUELES QUE VEMOS TODOS OS DIAS, MAS SIM AQUELES QUE NÃO CONHECEMOS MAS MORAM DENTRO DO NOSSO CORAÇÃO.

Bjinhos.
Lala
De samueldabo a 23 de Maio de 2008 às 14:46
Olá Lala (Carla)
Há quanto tempo não sentia o pulsar do teu coração.
Dizer de forma frontal e reconhecendo as omissões que que uma relação contém, é também uma forma de fazer pedagogia a outras vidas que padecem males idênticos e andam perdidas à procura de se encontrarem na solidão para que foram remetidas.
Por vezes é necessário fazer isso a que chamas traição e eu penso ser apenas uma forma de procura do que se perdeu. E na procura achamos que aquilo que abandonamos por inércia, ainda merece de nós um último esforço.
Estás no teu melhor.
Beijinhos de amigo
De Lala a 23 de Maio de 2008 às 16:28
Olá amigo.
Que falta me faziam as tuas palavras.
Não tornes a desaparecer assim...
É verdade, dizer o que nos vai na alma pode ajudar os outros acompreender as suas próprias vivas, e dar-lhes pistas por onde seguir.
Se o meu sofrimento alertar alguém na mesma situação... já valeu a pena.
Para mim valeu... eu voltei a descobrir o amor.
Bjinhos cheios de ternura e carinho.
De NEOABJECCIONISMO a 26 de Maio de 2008 às 10:39
Amiga.
Já tinha registado a tua coragem. Os teus sentires são um reflexo da desumanidade com que se encaram as questões do sexo e do amor.
O apagar da chama da paixão inicial que não é entendida como uma emoção da nossa profundidade, mas como um devaneio da nossa ansiedade.
beijos
De Lala a 26 de Maio de 2008 às 11:17
Querido amigo.
Muitas vezes, chamam-nos devassos/as, quando o que nós somos é seres imperfeitos e infelizes.
Chamam-nos indecentes, quando o que procuramos, é um pouco de amor e carinho.
Os nossos sentires são confundidos e menospresados.
Bjinhos.

Opinar

.Conhece-me

.Meu Tempo

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

search engine marketing company
provided by Inteliture.com
Photobucket Photobucket

.Meus Selos

:: LEVA-ME ::


:: APROVADO ::


Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

.Memórias Recentes

. Apaixonada...

. To an Angel...

. "Sou fã..."

. O primeiro encontro... 3

. O primeiro encontro... 2

. O primeiro encontro...

. Olá a todos... Voltei

. Som do coração

. Que saudadessssssssssssss...

. Tenho saudades...

.Memórias Passadas

. Setembro 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Blogs Amigos

.Eu Participo

.tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Prendas Carinhosas

.Campanhas

blogs SAPO

.subscrever feeds