Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

TRAIÇÃO...

Dúvidas...

Insegurança...

Sofrimento...

Quem é traido uma vez...

Nunca esquece.

Nunca recupera a tranquilidade.

Nunca recupera a segurança.

A traição é uma faca que corta fundo

A alma de  quem a sofre.

É uma cicatriz que não sara...

Uma dor que não acaba nunca...

Porquê trair?

Não era mais fácil a sinceridade?

A honestidade entre duas pessoas?

Porquê a necessidade de trair?

De humilhar...

Sim...

Porque quem é traido é humilhado.

Porquê a traição?

Ela só fere o coração.

E deixa no seu lugar..

Um pedaço de carvão...

Escuro e seco

Incapaz de voltar a amar.

 

Publicado por Lala às 18:22

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Domingo, 27 de Janeiro de 2008

História da Vida...

 

 

Um dia, o burro de um aldeão caiu a um poço.

O animal zurrou fortemente durante algumas horas,

enquanto o dono procurava ajuda para o retirar.

Não a encontrando, acabou por decidir que,

sendo o burro já velho e estando o poço já seco,

o melhor era tapar o poço e não valia a pena tirar o burro.

Convidou então todos os vizinhos para o ajudarem.

Cada um pegou numa pá e começaram a atirar terra para o poço.

O burro, ao ver o que se estava a passar,

começou desesperadamente a zurrar.

Mas, pouco depois, para surpresa de todos, calou-se,

e só se ouvia o som das pazadas de terra a cair.

O aldeão, olhando para o fundo do poço,

ficou surpreendido com o que o burro estava a fazer.

Sacudia a terra que ia caindo nas costas

e dava mais um passo para cima da terra.

Rapidamente, todos viram com espanto

como o burro chegou à boca do poço,

saltou por cima dos bordos e partiu...

A vida pode atirar-nos muita terra para cima,

terra de todos géneros.

O segredo para sair do poço é sacudi-la e usa-la

para dar mais um passo para cima.

Cada um dos nossos problemas é um degrau para subir.

Assim, podemos sair dos vazios mais profundos,

se não nos dermos por vencidos...

 

 

Usa a terra que te atiram,

para caminhar em frente.

Publicado por Lala às 12:40

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

Gonçalo Costa...

1975/1994

 

 

14 anos...

O tempo passa tão depressa,

Parece que aínda ontem

Te via a saltar para a mota,

E correr...

Porquê?

É tão triste perder um amigo.

Porquê?

Tinhas só 19 anos.

Porquê?

Tinhas a vida pela frente.

Porquê?

Passados estes anos

Recordo-te como um sonho

E sinto-me vazia.

Sinto que perdi um pedaço de mim.

Que saudades!

Que vontade de te ver outra vez!

A tua força

E vontade de viver

Tiraram-te a vida...

E agora...

Nada te resta.

Publicado por Lala às 19:43

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Pode ser...

 

 

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...

Mas, enquanto houver amizade,

Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...

Mas, se a amizade permanecer,

Um do outro há-de se lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...

Mas, se formos amigos de verdade,

A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...

Mas, se ainda sobrar amizade,

Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...

Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,

Cada vez de forma diferente,

Sendo único e inesquecível cada momento

Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a vida:

Uma é acreditar que não existem milagres.

A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

 

Albert Einstein    

1879/1955       

 

Publicado por Lala às 17:59

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Pegadas na Areia...

 

Certa noite um homem teve um sonho:

Ele estava andando na praia com o senhor.

No céu escuro projetavam-se cenas da sua vida.

Em cada cena, ele percebeu dois pares de pegadas na areia;

um feito por ele e outro pelo senhor.

Quando a última cena da sua vida apareceu,

Ele olhou para trás, para as pegadas na areia.

O homem notou que muitas vezes ao longo do caminho

da sua vida havia apenas um par de pegadas.

Ele também notou que isso tinha acontecido

nos piores momentosda sua vida.

isso aborreceu-o muito, e ele perguntou ao Senhor:

"Senhor, tu disseste que, uma vez que Te resolvi seguir,

Tu andarias comigo por todo o caminho.

Mas notei que durante os tempos de dificuldades

há somente um par de pegadas.

Não compreendo porque me deixaste

quando eu mais precisava de Ti."

O Senhor respondeu:

" Meu precioso filho, eu te amo e jamais te deixaria.

Durante os teus tempos de aflição,

quando vês somente um par de pagadas,

é porque eu te carreguei nos braços."

E assim...

 

Mesmo com todas as dificuldades que nos possam surgir

ao longo da nossa vida de Cristãos e Homens.

Mesmo com todas as dúvidas que nos possam assaltar...

Duma coisa temos de ter acerteza:

DEUS AMA-NOS E CARREGA-NOS NOS BRAÇOS

NOS PIORES MOMENTOS DA NOSSA VIDA.

Publicado por Lala às 14:31

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

Recomeçar...

 

" Não importa onde você parou...

Em que momento da vida você cansou...

O que importa é que sempre é possivel e necessário RECOMEÇAR.

Recomeçar é dar uma nova oportunidade a si mesmo...

É renovar as esperanças na vida e,

o mais importante...

Acreditar em você de novo.

Sofreu muito neste período?

Foi aprendizado...

Chorou muito?

Foi limpeza da alma...

Ficou com raiva das pessoas?

Foi para perdoá-las um dia...

Sentiu-se só por diversas vezes?

Foi porque fechaste a porta até para os anjos...

Acreditou em tudo o que estava perdido?

Era o início da tua melhora...

Onde você quer chegar?

Ir alto?

Sonhe alto...

Queira o melhor do melhor...

Se pensamos pequeno...

Coisas pequenas teremos...

Mas se desejarmos fortemente o melhor e

Principalmente lutarmos pelo melhor...

O melhor vai se instalar na nossa vida.

Porque sou do tamanho daquilo que vejo,

E não do tamanho da minha altura."

(Carlos Drummond de Andrade)

 

 

 

Publicado por Lala às 16:07

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Decisões...

 

Há na vida situações dificeis de enfrentar...

De entender.

Há na vida dias em que ...

As decisões não são fáceis de tomar,

e muito menos de se fazerem entender aos outros.

Há momentos, dias, meses, anos

na nossa vida que por muito que nos esforcemos...

Não conseguimos entender,

Não conseguimos perceber qual é a origem do problema...

Há um ano por esta altura...

Eu estava prestes a dar o maior passo da minha vida.

IA SEPARAR-ME.

Com dois filhos pequenos...

Uma casa em obras pra pagar...

Um casamento falhado...

Um coração destroçado por muitas desilusões...

E a alma cheia de ainda mais ilusões.

Era um passo sem retorno...

Mas eu estava decidida.

Tinha a certeza que era aquilo o melhor pra todos.

E segui em frente...

Os dias foram passando...

E junto com a sensação de liberdade,

Ia crescendo uma imensa solidão.

As ilusões foram rápidamente desfeitas em pó.

E o meu coração já tão magoado...

Estava agora mais ferido que nunca.

Mas eu estava determinada.

Era aquilo que eu queria e era assim que ia acontecer.

EU ERA DONA DO MEU DESTINO.

As lágrimas acumulavam-se dentro de mim,

(porque ninguém as podia ver, eu não deixava)

Assim...

Já longe dequele que amava,

mas que julgava poder esquecer.

Eu segui a minha triste, e enganada nova vida.

Um dia...

Num almoço de Domingo...

Domingo de Páscoa, Em que ele estava presente...

Um dos meus filhos...

(os meus bens mais preciosos)

Ao ver-nos todos juntos, disse:

- É tão bom ter a família toda junta outra vez!

E aí, nesse breve momento...

Todas as minhas certezas cairam por terra.

O meu coração acordou,

e os meus olhos voltaram a ver

Aquele por quem me tinha apaixonado

uns anos antes.

Era a confusão...

O pânico...

O medo...

Eu não queria voltar a traz.

Era uma mulher de palavra.

Não era nenhuma adolescente sem cabeça.

Mas já não havia nada a fazer...

As dúvidas instalaram-se...

As incertezas...

Então, fizemos as pazes...

Iamos tentar outra vez...

E assim...

Um ano depois...

Mesmo com muito medo,

muitas incertezas,

aqui estamos nós juntos.

E por aquilo que a mim e ao meu coração diz respeito...

AMO-TE CADA VEZ MAIS, JOÃO!!!

Publicado por Lala às 16:19

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Um dia de cada vez...

 

Cada dia traz consigo as suas recompensas e desafios.

Lembra-te que tu, no "filme" que é a tua vida és o actor

principal, o produtor, o realizador, o argumentista...

Tens o poder de criar a tua história, o teu próprio mundo,

ou seja, és tu que controlas o que és e como ages.

Descobrirás que quando fores capaz de soltares os teus

talentos, te sentirás com força e alcançarás os teus obectivos...

 

Aprende a olhar a vida, tudo nela é um milagre.

Um simples grão de areia, uma flor, uma gaivota, um sorriso,

um "café", tudo isto são milagres na tua vida.

Não vejas só sombras, sofrimentos...

Admira a beleza que te rodeia.

A vida é uma atitude.

Publicado por Lala às 17:36

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

A Pedra da Felicidade...

 

Conta a história que  uma fada perdeu pelo caminho

uma pedra encantada, a Pedra da Felicidade.

 

Apressada como estava, resolveu seguir o seu caminho

e mais tarde através da sua magia, descobriu que a

Pedra havia sido encontrada por um rapaz muito

pobre que a tinha levado para casa.

 

Ao ver a casa do rapaz, a fada achou que

a Pedra da Felicidade poderia ficar com o rapaz

visto a sua condição ser muito humilde.

 

 Então nessa noite ela apareceu no sonho do rapaz

e explicou-lhe que aquela pedra que ele tinha encontrado

era a Pedra da Felicidade e que ele poderia pedir

três desejos para pessoas que realmente necessitassem.

Ao acordar, o rapaz lembrou-se do sonho

e ficou extremamente irritado...:

- Como pode ser isso? Eu encontro a Pedra da Felicidade

e tenho que passar os desejos para os outros...

não meu Deus... não é possivel...

Irritado pegou na pedra e esfregou

fazendo os pedidos de dinheiro e riqueza,

e nada...

Mais nervoso pegou na Pedra e atirou-a

para uma gaveta...

Os anos passaram... passaram e encontramos

o nosso jovem de outrora, transformado num senhor

idoso, a morar num casebre miserável...

Não se tinha casado porque a sua rabugice afugentou

as pretendentes, tinha pouquíssimos amigos,

por causa da sua mesquinhez.

Então uma noite lembrou-se da Pedra da Felicidade

e encontrou-a arrumada na gaveta...

Pensou que, já que estava no fim da vida poderia

pelo menos ajudar alguém... e saiu pela vila...

Logo na entrada da vila encontrou uma família

miserável pedindo esmola pelas ruas... ficou chocado

ao ver as crianças descalças e cheias de fome...

chamou a senhora que os acompanhava e disse:

- Quero te dar uma fortuna para que nunca

mais sofras de miséria.

Esfregando a Pedra, a senhora recebeu ouro

suficiente para levar uma vida de rainha...

Sem saber como agradecer,

 senhora partiu para comprar uma casa e

finalmente dar conforto aos filhos...

Logo à frente, o nosso velhinho encontra uma mulher

a chorar e pergunta o que se estava a passar.

Ela responde que o seu único filho estava a morrer

de uma doença incorável...

Então, ele pede para a mulher segurar na Pedra

e pedir saúde para o filho...

em poucos minutos o menino aparece

à porta milagrosamente curado...

A mulher nem sabia como agradecer o milagre...

Mas ele continuou a sua caminhada e encontrou

um orfanato miserável e entrou para

ver se podia ajudar...

Imediatamente esfregou a Pedra da Felicidade

e o velho orfanato transformou-se

numa linda casa...

Os quartos ganharam camas novas,

as crianças brinquedos, roupas e

tudo foi inundado de felicidade...

As crianças cercaram-no, cantando para ele,

deram-lhe beijos e pela primeira vez em muitos anos...

Ele chorou de felicidade...

Ao sair para a rua, a fada que lhe tinha aparecido

no sonho há tantos anos atrás, aparece e pergunta:

- Cumpriste o combinado, deste felicidade a

três pessoas e agora tens direito a um desejo também!

 

Porque não a usaste antes?

 

- Por causa do meu egoísmo, perdi a oportunidade

de fazer tantas pessoas felizes e até de

melhorar a minha vida...

O meu desejo neste momento

é que eu possa esquecer todos esses anos,

para tentar ao menos ser um pouco feliz...

 

                                                               

 

E assim penso:

 

Quantas pessoas perdem a oportunidade de

encontrarem a felicidade todos os dias,

por não prestarem ateñção ao próximo,

por se preocuparem apenas com os seus problemas...

 

Há às vezes maior prezer em dar

do que em receber...

 

Então; busque, tente, ouse, invente, experimente,

arreisque, realize, tenha coragem, acredite,

tenha fé e jamais deixe de "sonhar" e de "desejar"!

 

Só assim, poderá realizar!!!

 

 

                                                                   

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         

Publicado por Lala às 10:10

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

Qual a melhor idade da vida???

Gostas da idade que tens?

Viver com alegria e paixão, a idade que agora tens.

Toda a história da tua vida se resume no hoje em que Deus te desafia a ser feliz, a amar e a servir.

A tua eternidade feliz tem as suas raízes no chão deste dia.

Será a infância a melhor de todas as idades?

Será a juventude a idade ideal?

Será a meia idade, a «idade do ouro»?

Ou a idade madura e a velhice a melhor estação da vida,

porque o Outono é dos frutos.

A melhor idade da tua vida é exactamente a idade que tu tens agora.

Não cultives a saudade do ontem que passou,

nem a miragem do amanhã que poderá não chegar.

Vive o hoje com gosto e alegria!

A vida é como um arco-iris, um momento que vem e que se vai.

O único dia que existe é hoje!

Parece-te talvez que os tempos actuais não são bons.

Os tempos somos nós!

Se tu fores melhor, o mundo será melhor!

Glorifica o valor do dia de hoje: «hoje, apenas hoje...»

Aproveita, com paixão e devoção, cada dia que passa.

Vive o dia de hoje como se fosse o 1º da tua vida!

Vive-o como se fosse o último...

Vive-o como se fosse o único dia da tua vida, para amar e servir!

                                                                        

                                                                        (Manuel Morujão)

Publicado por Lala às 12:46

Link do post | Dê Opinião | Adicionar aos favoritos

.Conhece-me

.Meu Tempo

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

search engine marketing company
provided by Inteliture.com
Photobucket Photobucket

.Meus Selos

:: LEVA-ME ::


:: APROVADO ::


Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

.Memórias Recentes

. Apaixonada...

. To an Angel...

. "Sou fã..."

. O primeiro encontro... 3

. O primeiro encontro... 2

. O primeiro encontro...

. Olá a todos... Voltei

. Som do coração

. Que saudadessssssssssssss...

. Tenho saudades...

.Memórias Passadas

. Setembro 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Blogs Amigos

.Eu Participo

.tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Prendas Carinhosas

.Campanhas

blogs SAPO

.subscrever feeds